sábado, janeiro 15, 2011

Do Tal Ungido do Senhor – Mas de qual senhor? II

Em,

---
Boa noite especial Carla.
Entendi todo seu comentário e como disseram, eu também afirmo que foi um dos melhores que já li, porém, me ajude a entender as passagens de Mateus 23.8-11 a luz de Hebreus 13.17, pois muitas pessoas se baseiam neste texto para exercer autoridade ou mesmo poder.
Foi uma satisfação muito grande argumentar, continue sempre abrindo os olhos do povo de DEUS.
Paz.
Breno Mac Ryan

---
Querido Breno,

paz!

Penso que temos que entender Hebreus 13:17 à luz de Mateus 23.8-11, e não o contrário.

Jesus nos diz:

"Também não sereis chamados de líderes, pois um só é o vosso Líder, O Cristo.
Porém, o maior entre vós seja vosso servo."

Então, esse "líder" a quem Jesus se refere não é o "líder" de Hebreus 13: 17, assim compreendo.

O "líder" de Mateus 23:8-11 é aquele que não age conforme "...e vós todos sois irmãos."

Há o Corpo de Cristo, a Igreja, e nela manifestados, pela multiforme graça de Deus, os dons concedidos pelo Espírito de Deus aos seus filhos.

Assim, há aqueles que são realmente dotados para --->SERVIR<--- ao Corpo de Cristo com o dom de liderar [não nos moldes do que vemos hoje em dia em instituições religiosas, mas no espírito do que disse Jesus: 'Porém, o maior entre vós seja vosso servo.']

Há uma infinidade de dons que são igualmente importantes, conquanto mais discretos e não apareçam, conforme Paulo [I Corintios 12:12 em diante.].

Assim, no espírito do que está dito no ensino de Jesus em Mateus 23:8-11:

"Obedeçam aos seus líderes e submetam-se à autoridade deles. Eles CUIDAM de vocês..."
- Hebreus 13:17

--
Eu, falo por mim, Carla, reconheço em poucos irmãos esse dom.

Submeto-me a quem reconheço que SERVE ao Corpo com esse dom, o dom de ser um líder; não um líder religioso, mas alguém apto por Deus com discernimento, consciência no Evangelho, que possui senso do que é próprio para exercer seu dom "...visando ao bem comum." [I Corintios 12:7], que tem coração misericordioso, e, assim, conduz almas aflitas à paz e não à neurose.

A esse líder espiritual eu me submeto. E o faço com a alegria de saber que assim o Pai o constituíu, como um líder, para que com o exercício de seu dom, o BEM conforme o Evangelho seja promovido em meio à uma comunidade de discípulos de Jesus.


Abraço,

Carla Accioly.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.