domingo, setembro 04, 2011

A Vida Real de Bub #06


- "Amados, a quem desejo todo o Bem Essencial, nada temam! O Inverno, apesar de difícil de atravessar, nada pode contra nenhum de vocês. Escutem e guardem no coração o que tenho a lhes dizer..." - repeti para mim mesma as palavras solenes da Linha do Horizonte naquele momento singular de cada vida que vive no imenso mar.
Para o interior de cada ser do mar ali presente foram essas palavras ditas para trazer-lhes a paz. A paz da certeza de que estavam seguros, apesar de todas as intempéries do Inverno que sobre todos se abateu.
Sim. Pois, as intempéries do mar, que é imenso e misterioso, vieram igualmente sobre todos, assim como sobre todos nasce o sol, sobre todos cai a chuva, contudo, cada um é cada um e não é o outro, assim, cada sol e cada chuva tem significado único, pois possui um significado para cada um.
Vento-Sul observou-me atentamente neste momento e percebeu que eu imergi em uma reflexão sobre as palavras ditas por Linha do Horizonte, e que o que Ela falou conseguiu um sentido bom e profundo dentro de mim.
- Você entendeu o que Ela quis dizer, não é Carla? - perguntou-me meu amigo mesmo sabendo qual seria a resposta.
- Sim, amigo... sim... - respondi.
- Então, vou contar para você o que mais Ela falou.
- Estou atenta, pode falar! - disse-lhe eu com o coração batendo forte e ansiosa por saber mais.

Sentada, eu, na areia, abracei a mim mesma. Senti a temperatura esfriar, pois já estava anoitecendo e a brisa que vinha do mar por esta hora do dia sempre me fazia sentir frio.

Mas, havia um calor por dentro de mim, um aquecimento confortador que nasceu em mim pelas palavras da Linha do Horizonte que ecoavam em minha mente, "O Inverno, apesar de difícil de atravessar, nada pode contra nenhum de vocês", e o calor da alma era mais forte que o frio que maltratava o corpo.
Foi então que percebi uma coisa sublime.
Percebi que quando o nosso interior está pacificado e aquecido, podemos suportar o frio que vem de fora. Foi isso que percebi e fiquei com muita vontade de perceber mais coisas que dizem respeito a esse entendimento.

- Carla? - sussurrou Vento-Sul para me trazer de volta dos meus pensamentos.

- Sim! - respondi sorrindo. Ele sorriu também. Não me perguntem como sei que Vento-Sul sorriu, pois não saberia explicar, uma vez que não posso vê-lo, mas é assim que é quando temos uma amizade verdadeira. Sentimos o outro mesmo sendo o outro tão diferente de nós mesmos.

- Posso prosseguir?

- Sim, claro! - e sorri mais uma vez.

- Err... onde eu estava mesmo...?... Ah! Bem... Linha do Horizonte prosseguiu e falou por horas, sabe Carla?! Mas, quando Ela fala, não sentimos o tempo passar. Uma nova percepção do tempo para nós acontece, pois o que Ela ensina nos faz transcender.

- Sim... eu sinto... eu sinto isso...

- Preste bem atenção, Carla querida! Ela prosseguiu assim:

"Habitantes do Mar,
sei que há muito o Inverno sobreveio sobre todos, e coisas estranhas e amedrontadoras para vocês estão acontecendo.
O Inverno tornou tudo cinza, mas quero lhes assegurar de que as outras cores continuam vivas e brilhantes e elas voltarão à colorir o mundo.
Sei que vocês perguntam onde está o Sol. Eu lhes digo que ele ainda brilha e aquece com toda aquela intensidade que vocês sabem que faz parte de sua natureza.
Vejam, queridos, o Inverno tenta desviar a atenção de vocês para o que é passageiro, acautelem-se disso!
Vejo que a neblina densa que se levanta da superfície do mar, o ar saturado e salgado, faz com que vocês olhem ao longe e não consigam me ver.
Saibam e estejam certos de uma coisa muito importante para a vida preciosa de cada um de vocês: Eu, Linha do Horizonte, estou sempre lá, para adiante do olhar de vocês, mesmo que vocês não consigam ver.
Tenham esperança!
Busquem-me como referência todos os instantes. Se não me enxergarem ao longe, enxerguem-me pela fé nas minhas palavras e pela consciência da verdade dessas mesmas palavras que lhes falo agora.
Não se percam em aflições por causa das circunstâncias, olhem para adiante! Sempre!
Vocês estão seguros, fiquem em paz.
O Inverno passará."

- Vento-Sul... - falei num respirar meu e o interrompi. - Você estava lá...

- Sim, Carla! Eu estava!

- Estou escutando tudo com meu coração, amigo!

- Eu sei, querida! Eu sei! - disse-me. - Neste dia, Ela nos deu uma missão muito importante, sabe?!

- Nossa! Conte-me, amigo! - disse-lhe eu cada vez mais aquecida por dentro, na alma, a ponto de esquecer-me do frio cortante da brisa do anoitecer na beira do mar.

- Sim. Eu te conto tudo! Sei que você compreenderá e que te fará bem. Veja...
***
- Carla Accioly
Reações:

2 comentários:

  1. Mana...

    Que precioso...amo Bub, amo você!

    Como me faz bem te ler, como me faz bem falar contigo...

    Abraço de alma!

    PS! O inverno passará...

    ResponderExcluir
  2. Carlinha linda!

    =]

    A cada novo episódio da vida de BUB, eu me encanto com tudo! E Linha do Horizonte tem razão: O inverno passará!

    Continue respirando, andando e escrevendo, por favor, porque isso edifica nossas vidas (tenho certeza que Vento-Sul concorda comigo!)...

    NVTA!
    =]

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.