terça-feira, agosto 06, 2013

Miragens

E que Deus nos livre de todas as *miragens* e projeções, construções nossas, irracionais, que de realidade nada tem, mas que podem, algumas delas, deixar-nos ter a falsa certeza de que somos quem não somos.

Cristo nos convoca a pisarmos o chão do Real na existência. Sempre.

Que Deus, também, livre-nos de todas as *miragens* e projeções, construções nossas, irracionais, que de realidade nada tem, mas que podem, algumas delas, deixar-nos em perplexidade, com medo da vida.

Que, em tudo, ninguém saiba-se além de quem de fato é.
Que, também, ninguém se encolha, aquém.

- Carla Accioly


Reações:

Um comentário:

  1. Tudo o que projetamos e desejamos no coração e de coração já o experimentamos, já o vivemos, já o concebemos na alma. Nisso não há miragem. A miragem não tem sabor, nem cheiro e nem calor.

    Se minhas projeções, sonhos e desejos desceram da mente para o recanto da alma. Se minhas projeções foram justas e fiéis. Se minhas projeções experimentaram sabor, cheiro e calor - tamanha a verdade que existiram nelas - elas não podem ser miragens.

    Que o Senhor nos livre das *miragens* sim! Do que não desce a alma, do que não cheira, do que não aquece, do que não dá gosto ao período de nossas projeções.

    Projetar, sonhar, querer e crer são virtudes dos que não foram feitos pedras porque pedra nunca aspira ser rocha. Pedra é pedra!

    Que o senhor nos livre das *Miragens*, sim das miragens, as que passam sem deixar forma, as que se vão e nunca se tornarão presentes seja de que forma for.

    Mas que o Senhor também nos mostre que o que teve sabor, calor, cheiro e habitou o mais profundo da alma foi vida, e como vida devemos guardar.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.