quarta-feira, maio 07, 2014

Considerando I.

E que todos sejam e deixem o outro ser.
Que o caminhar seja 'distraído' porque é leve.
Cada um é cada um. Os outros são os outros.
Que ninguém faça juízo de outrem, pois isso é um exorbitar de competência e uma impossibilidade, uma vez que SOMENTE quem conhece do 'ambiente' interior do outro é Deus.
Tudo muda. Pedras rolam. O mundo é 'redondo'. A vida é maior e mais.
O caminho de cada um é de cada um.
A natureza nos ensina. Uma criança, também.
Meu altar é meu semelhante.
Extremos são danosos.
Um bom 'olhar' ilumina qualquer 'coisa' observada.
O Amor ainda existe.
Que ninguém canse de fazer o bem.
Que haja delicadeza no trato de um com um. E de si consigo, antes.
Ainda há gente confiável e bacana no mundo.
Boa música faz bem.
Poesia fustiga a alma. Poesia fala o que a alma cala, muitas vezes, e a salva de se afogar.
O Amor é mais forte do que tudo.
Todo mundo penou, mas aqui chegou. Gratidão por isso.
Gratidão cura tristeza. Carinho cura alma ferida.
"Logo ali, depois da curva", logo ali está o sonho que vem do muito trabalhar.
Meu nome é Carla Cristina e eu teria mais.
Eu volto por aqui.

- Carla Cristina Luna Accioly
Reações:

5 comentários:

  1. Lindoooooooo!!!!!!

    Difícil viver sem dor quem abre o caminho para dentro de si, porém, impossível viver o prazer, quem dessa dor não experimentar- "Extremos são danosos"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rejaneeeeeeeee!!! Linda e querida! Você! Que bacana! <3

      Excluir
  2. A gente cresce e se dá conta da ambivalência que habita em cada um de nós, quando luz e sombra parecem originários da mesma fonte que vez ou outra dá água doce e também amarga. Quando nos apercebemos disso, nossa caminhada se torna mais leve, nosso olhar se enche de amor e compreensão, nos tornamos mais humanos...
    E o amor... o amor é sempre mais forte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia, amo ler você! <3 O Amor é sempre mais forte, neh amiga?!

      Excluir
  3. A gente cresce e se dá conta da ambivalência que habita em cada um de nós, quando luz e sombra parecem originários da mesma fonte que vez ou outra dá água doce e também amarga. Quando nos apercebemos disso, nossa caminhada se torna mais leve, nosso olhar se enche de amor e compreensão, nos tornamos mais humanos...
    E o amor... o amor é sempre mais forte.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.