quinta-feira, maio 10, 2012

Seu abraço... Meu regaço...

Quando tudo parece distante
E faz frio lá fora
Quando tudo é preto e branco
E não há colo
Quando tudo é indiferente
E nada aquece
Quando tudo sufoca
E machuca
Quando tudo que preciso é só um abraço
Repouso em Seus braços

És meu regaço
Quando não há com quem falar
Seu silêncio me ampara
Quando não há com quem trilhar
Suas mãos me dirigem
Quando não há lugar para aquietar
Seu abraço me alenta
Seus braços são meu regaço
Seus braços são meu aconchego

***
Simplesmente, Tininha
Reações:

4 comentários:

  1. Ai...ai... lendo seu poema me senti acolhida, me senti envolta aos braços do Paizinho.
    É bem assim que sinto quando me deixo envolver pela SUA PRESENÇA
    Beijos na alma maninha!!

    ResponderExcluir
  2. Sim, Noh!
    Nos braços dEle podemos descansar e confiar que Ele sempre nos surpreende qdo menos esperamos.
    Bjks p/ vc tb

    ResponderExcluir
  3. É sempre assim, Deus nos mostrando de todo jeito que seu amor leal é suficiente. LINDO Tininha, beijos flor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Isa...
      É verdade, filhote!
      Há momentos q parece q chegou ao fim mas ao deparar com a graça e o amor de Deus somos renovadas e a caminhada continua.
      Bjks pra vc, filhote linda! =)

      Excluir

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.