quarta-feira, outubro 24, 2012

Uma Mensagem simples em linguagem informal

Aprendendo um pouco mais sobre o Novo Testamento - Linguagem.




"Uma característica impressionante em todos os escritos do Novo Testamento é que expressavam a linguagem das ruas da época, o vernáculo comum às áreas de recreação e ás feiras livres. No mundo de língua grega daqueles dias, havia dois níveis de linguagem: o formal e o informal. A linguagem formal era usada para escrever filosofia e história, decretos governamentais e poesia épica. Se alguém fosse conscientemente escrever para a posteridade, seria em linguagem formal, com vocabulário erudito e estilo preciso. Contudo, se o texto fosse algo rotineiro - lista de compras, cartas de família, contas e recibos - a linguagem seria informal, aquela falada no dia a dia e ouvida nas ruas.

Essa é a linguagem usada em todo o Novo Testamento. Algumas pessoas se espantam com isso, imaginando que para tratar de um Deus santo e de assuntos santos deveria ser usada uma linguagem elevada, majestosa, cerimonial. Mas uma boa olhada em Jesus - sua preferência por histórias populares e de fácil associação para o povo comum - desfaz essa suposição, pois Jesus é Deus que desce até nós, fazendo-se como somos, sem exigir a ascensão da nossa vida à condição divina para depois aprovar nossos esforços."

Eugene Peterson - A Mensagem - págs. 1373/1374


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.