sexta-feira, outubro 22, 2010

Mulheres Cristãs: mostrem suas garras!




Quando se trata de MODA, muita coisa nos atrai. Nós, mulheres, não somente nos interessamos pelo assunto como somos as maiores consumidoras desse mercado: roupas, cosméticos, acessórios, tendências, tudo isso faz parte de quem somos. Não importa qual é o seu nível de interesse no assunto Moda, se mais, se menos, o fato é que ele faz parte do seu universo.
Por causa de uma cultura de evangelismo cristão pentecostal, já foi muito comum ligar a imagem da mulher cristã com a proibição de usar acessórios como bijuterias, maquiagem e também esmaltes. Hoje, nos anos 2000, o rótulo ainda existe, mas já não se percebe, exceto por algumas denominações, resistência alguma ao hábito das mulheres cristãs utilizarem-se desses recursos. E acredito mesmo que a mulher virtuosa de Provérbios nos daria mais alguns sábios conselhos se vivesse no nosso contexto!

=]

Li uma matéria interessante que conta um pouco da história e evolução do uso de esmaltes no nosso universo feminino, sempre é bom saber como os hábitos surgiram na nossa cultura:

Década de 30
  - anúncios em revistas sugerem a combinação de boca e unhas da mesma cor. Surgem a primeiras sandálias: pés à mostra com unhas pintadas. Marlene Dietrich, estrela da época, exibia unhas pintadas de vermelho com pontas em garra.

Décadas de 40 e 50
– O rosa pálido e o rosa avermelhado são as cores dos anos 40. Marcados pelo pós-guerra e dos moralmente rígidos anos 50, as meninas quase não usavam esmalte, no máximo aplicavam uma camada discreta de base sobre a unha.

Décadas de 60 e 70
– A corrida espacial dos anos 60 teve reflexos na moda – entre eles, a adoração do asséptico esmalte branco pelas jovens. As cores fortes e vibrantes voltam na década seguinte – e as unhas se tornam longuíssimas nos anos da discoteca.

Décadas de 80 e 90
– As unhas compridas, multicoloridas e até mesmo decoradas dos anos 80 dão lugar ao minimalismo nos anos 90: unhas bem aparadas, muitas vezes só com base ou tons bem clarinhos. No fim dessa década surge o estilo gótico, que adotou as unhas pretas.

Os anos 2000
– O esmalte é valorizado como um acessório marcante de moda, assim como um sapato ou uma bolsa. Segundo a historiadora Patricia Sant´Anna, “hoje as pessoas trocam de esmalte como trocam de roupa”, afirma.

-----

Já passados dez anos do novo século, vemos que a ordem é continuar inovando ousadamente – usamos de combinações, cores e texturas futuristas. Recorremos aos acessórios como as pedrinhas de piercing nas unhas ou desenhos para diferenciá-las e não é preciso mais combinar as cores escolhidas com a roupa.

Qualquer que seja o estilo, cor ou tendência, o uso de esmaltes nas unhas tornou-se um cartão de apresentação da mulher moderna, mais uma marca da personalidade feminina deste século
.
Então, mulheres e moças cristãs, mostremos nossas garras!

=]

Hoje, de unhas pintadas de rosa clubber,

Andréa Cerqueira

(Fontes citadas na matéria da Revista da ACE Itapetinga: Érica Pagano (Marketing - Colorama); Mitsuko Shitara (professora de história da Faculdade Santa Marcelinha; Carmem Lucia Luiz (salão MG Hair-SP).
Reações:

5 comentários:

  1. Eu uso muito esse esmalte!! Adoro! Legal a idéia de buscar o histórico do uso do esmalte!! Parabéns Meninas o blog cada dia mais afirmando que veio pra ficar!!! Déia de clubber...hehe...Desculpe não não consegui segurar! Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. Déia,

    Graças ao teu post, fui sábado na casa de cosméticos e me empolguei mais do que de costume...nunca havia comprado tantos esmaltes de uma vez só, mas cada cor LINDA de morrer...rs

    Post excelente!

    Bjs mana =)

    ResponderExcluir
  3. Amei... e acabei de olhar minhas unhas.. xiii!! rsrs Acho que vou desenhar umas flores ou patinhas, esmalte somente? Hum... heheh =D

    ResponderExcluir
  4. Olá meninas do reino!
    Primeiro quero dar os parabéns pelo blog maravilhoso. E olha q eu o descobri recentemente.rs
    VCs vão rolar no chão de tanto rir. Meninas faz um tempinho q meus queridos ouvidinhos foram agredidos por essa pérola: "mulher ñ pode usar esmalte pq é pecado". E convido vcs para cometermos um suicídio coletivo diante dessa justificativa: "Pq vc axa q os cachorros ñ comeram as mãos de JEzabel?". kkkkk
    É muita abobrinha pra minha cabeça.
    Aí eu pergunto: o q tem a ver o pão com o durex.rs

    ResponderExcluir
  5. Nossaaaaaaaaaaaa

    Essa vai ter que virar charge....#MORRI

    O que tem a ver o "pão com o durex" é ótima...

    Adorei teu comentário....escrevendo e rindo...

    Bj meu e das meninas =)

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.