segunda-feira, novembro 22, 2010

Aos meus amigos...



Hoje não é Natal e nem Ano Novo, muito menos dia oficial do amigo, hoje é mais um dia comum, mas o comum também revela “incomuns”.

E percebo que é realmente incomum, em um dia comum, receber tanto carinho, tanto mimo, tanto zelo, tantas palavras e gestos de carinho como recebi recentemente.

O poetinha Vinícius de Moraes uma vez exclamou: 

"Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos."


São tantas as definições que se fazem sobre amigos, amizade. São tantos os filmes, as músicas, as histórias a serem contadas.
Tem coisa mais linda do que uma amizade que nasce? E a amizade que renasce? Às vezes parece que tomamos rotas diferentes e divergentes e então perdemos algumas pessoas de vista, mas nessa roda viva que é a vida, de repente a roda roda e trás para cá aquele que outrora estava lá.
Dizem também que a amizade é uma alma em dois corpos, acredito em amizades como encontros de almas, como conexões propiciadas por Aquele que é Divino. Ele, um ser relacional, que gosta de se chamar de PAI, que nos chama de amigos...
Eu queria achar as palavras certas, eu queria encontrar a canção correta para expressar o que sinto por cada um de meus amigos.

Alguns virtuais, a maioria reais.
Alguns de longe, outros de perto.
Alguns de convivência diária, outros de convivência rara.
Alguns amigos se tornam família, outros são família que se torna também amiga.
Amigos que me ensinam tanto, que me dizem tanto, que me amam tanto.
Amigos que me passam a impressão de sempre me amarem mais do que mereço.
Amigos que andam comigo a 2ª milha.
Amigos que compreendem o que não compreendo
Amigos que enxergam o que muitas vezes não enxergo.
Amigos que me acompanham ainda que não estejam perto.
Amigos que me fazem crescer...

Imensurável é o valor de um amigo.
Inimaginável é a falta que faz um amigo.

E eles são tão diferentes, mas tem algo em comum: são GENTE.

Gosto de amigos-humanos, amigos-gente

Que amam
Que riem
Que choram
Que caem
Que levantam
Que se perdem
Que se encontram
Que poetizam a vida com suas existências.
Que cantam canções com suas vidas.
Que colorem meus dias
Que dão sabor ao meu dia a dia
Que permeiam de graça a minha jornada.

Queria palavras mais belas, queria uma métrica mais correta, mas quando penso em vocês: AMIGOS. Meu coração acelera, minha alma se agita...com vocês em muitos instantes a vida se REssignifica.

A amizade é a maneira de nos isolarmos da humanidade cultivando algumas pessoas”. C.Drummond de Andrade 

Amigos, jardim particular da minha existência.

Foi em um impulso que escrevi, mas nem todos os impulsos do mundo fazem com que eu os queira ver partir.
Obrigada por existirem vocês em mim. Obrigada por viverem aqui.
Se tenho inimigos não sei, mas amigos eu os tenho, os conheço e os amo muito também.

Da amiga,
Roberta Lima



Reações:

7 comentários:

  1. Oi Roberta!
    Que postagem linda querida.
    Amigos...amo-os também!
    Um beijo e é maravilhoso conhecer você, mesmo que só virtualmente.
    Um beijo e continua na paz do Senhor.

    ResponderExcluir
  2. Em meio a uma sociedade em que se valorizar o ter em detrimento do ser, o hedonismo a o hábito de compartilhar, seu texto é um balsamo reconfortante. Quem dera que as pessoas soubessem valorizar uma amizade sincera. Parabéns pela sensibilidade, não importa o contexto, amigos dizem eu te amo, sem medo de parecer incoerentes.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Maior honra é ser sua amiga e tê-la como amiga, mana querida!!!

    Ai que belezinha de texto!!!

    =]

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito do texto Roberta.. Lindo!!

    Amigos são presentes de Deus em nossas vidas, que possamos sempre cuidar desse lindo presente.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Sabes;

    Confesso que tamanha transparência, sinceridade e cumplicidade que surgiram entre nós em tão pouco tempo foram, para mim, a confirmação de que Deus abençoou uma Nova e Grande Amizade!

    Jônatas demonstrou sua amizade através de uma flecha, Roberta Lima (nome profético de uma menina com sabor de doce-azedinho)- também tem nos flechado cotidianamente.

    Coração de profeta que não despreza as palavras, não mede suas emoções, não quarda a sua sinceridade (...) Mas a expõe doa o que doer... e dói...

    Ai se eu soubesse o quando essa amizade me feriria, feridas fiés que só podem ser feitas por aqueles que amam, feridas que produzem gozo, paz e alegria... Frutos de flechas certeiras, graças ao manejo hábil com o arco da nossa subscrita amiga... Habilidade esta conquistada mediante muitas batalhas.

    Sabes;

    Me envergonha não escrevermos o quanto você é querida e o quanto você tem nos sido importante.

    Um sempre sincero abraço de um menino atrevido de Niterói.

    J.M

    ResponderExcluir
  6. Cida,

    Sabes que me apeguei a ti, né? Como eu gosto de ver teus comments por aqui =)

    Tarciana e Eder,

    Bom saber que vcs também reconhecem e cultivam o valor da amizade

    Déinha,

    Antes era Andrea, depois Déia, Déinha...Não somos de desperdiçar palavras e vejo a cada dia o Senhor confirmando e firmando nossa amizade - Graça do Pai aqui chegou, abundou e parou...rs

    Julio,

    O Garoto do mural, o guri de Niterói e agora meu amigo...que surpresa surpreendente a nossa amizade...ler teu comments aqui é ótimo, mas ler tu escrevendo "sabes" não tem preço...hahahaha
    Temos crescido, aprendido, discordado, vivido um NOVO TEMPO em que Ele sabiamente tem nos conduzido...coisas da vida, coisas Dele que é VIDA.

    PS! Eu não firo tanto assim ;)

    ResponderExcluir
  7. Queridos,

    Gostaria de poder escrever mais, só q ñ dá...se não os comments ficam maiores que os posts...rs

    Bjs no coração =)

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.