domingo, janeiro 16, 2011

Mas o Teu amor me cura

Queridos,

Não faço ideia de quem foi o objeto dessa composição do Lulu Santos, o fato é que ao ouvir essa canção lembro-me do meu Amor maior.


Eis a letra e o vídeo ;)

Já não tenho dedos pra contar
De quantos barrancos despenquei
E quantas pedras me atiraram
Ou quantas atirei
Tanta farpa tanta mentira
Tanta falta do que dizer
Nem sempre é "so easy" se viver
Hoje eu não consigo mais me lembrar
De quantas janelas me atirei
E quanto rastro de incompreensão
Eu já deixei
Tantos bons quanto maus motivos
Tantas vezes desilusão
Quase nunca a vida é um balão
Mas o teu amor me cura
De uma loucura qualquer
É encostar no seu peito
E se isso for algum defeito
Por mim tudo bem
tudo bem
Já não tenho dedos pra contar
De quantas janelas me atirei
E quanto rastro de incompreensão
Eu já deixei
Tantos bons quanto maus motivos
Tantas vezes desilusão
Quase nunca a vida é um balão
Mas o teu amor me cura
De uma loucura qualquer
É encostar no seu peito
E se isso for algum defeito
Por mim tudo bem






"Ora, um de seus discípulos, aquele a quem Jesus amava, estava reclinado no seio de Jesus."
João 13:23


Nota: É impressão minha ou o Lulu solta um sonoro "aleluia" ali no finalzinho? 


Diariamente curada pelo Amor,


Roberta Lima
Reações:

Um comentário:

  1. Linda essa música Rô amo muito, e hoje consigo ver o quanto a graça de Deus está presente e é compatilhada das mas variáveis e invariáveis formas, dou graças pela revelação escrita de Paulo que diz: Quando subiu aos céus levou cativo o cativeiro e deu DONS AOS HOMENS. Abraço.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.