segunda-feira, abril 25, 2011

Somos Egoístas


Em tantos sites de relacionamentos o que vejo são pessoas fugindo de si mesmas, com fantasias e mentiras descaradas. Seria fato normal já que a sociedade apavorada com a violência se esconde mesmo atrás do computador, atrás de um nick ou até mesmo fake do Orkut. Mas e nós, os santos? Os lavados e remidos pelo Sangue carmesim? O que temos feito para mudar o mundo?



Quando eu era jovem - e não tem tanto tempo assim - ouvíamos Renato Russo com suas canções e desejávamos juntos mudar o mundo. Cazuza revelava uma juventude sem limites, mas com veia política. Éramos mesmo politizados? O que passamos para esta nova geração? Há um desenfrear louco na busca do nada…
Fato é, que estou perplexa por ver e sentir tanta falta de amor e fraternidade sincera. Costumávamos nos reunir, sorrir, chorar, falar abobrinhas (era o termo usado na época);mas tínhamos um ideal: Mudar o mundo.
Em Jesus aprendi a amar quem nunca vi, pessoas que se quer saberei o nome um dia. Mas que são desejadas pelo meu Criador, sim, são criaturas do meu Pai celestial, Ele os ama e quer vê-los livre do pecar.

Mas quando me deparo com aqueles que se denominam filho do DEUS VIVO e nada mais os interessa além de si mesmos, vivem no cai-cai de poder momentâneo sem nenhum contexto bíblico ou admoestador, por assim dizer, revelações descabidas, que não traduzem o verdadeiro Evangelho de Cristo.
Então me refaço e trago a memória tudo aquilo que me dá Esperança. – Saber que não há governo humano que vai mudar o mundo. Mas o Reino de Deus está próximo!
Como já dizia o poeta citado acima: “ É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã”. Infelizmente ele se perdeu no verso seguinte em afirmar que ‘a verdade não há’. Pois a verdade há e se chama JESUS! A verdade que liberta está em Cristo Jesus! O próprio afirmou: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”. João 14.6
Mas meu peito ainda sangra em ver que há multidões dentro do nosso próprio país que desconhecem esta verdade. Porque estamos preocupados demais com a rotina diária da Igreja. Com o culto mensal de missões ou, o evangelismo esquelético no domingo à tarde. Estamos demasiadamente preocupados com o aniversário da congregação, dos grupos de louvor tal e tal… Estamos abarrotados de atividades semanais que não há tempo para ORAR pelas nações. Afinal, temos que priorizar a nossa nação, oba, oba Brasil para Cristo! E, as outras que busquem seus deuses.



Ouço o absurdo de que "se você não for a Israel para ser ungido, então sua unção é fraca". Não tem carteira? Não estudou nas melhores faculdades teológicas? Tá por fora da onda. Há muito que se fazer no nosso país e já que os outros países têm outra religião, então "devemos respeitar". Vamos adorar ao ‘Bono Vox’ que está fazendo do ecumenismo uma realidade na Igreja atual, com os Emogélicos e outras bizarrices em nome de Deus.

 Não! Absolutamente não!
Está na hora de abrirmos nossos olhos para o clamor das nações. Não ao modismo místico pela Índia. Não aos títulos vazios e, quando não, ainda pior, comprados!

 Valei-me, ó Espírito Santo que possamos resistir até o fim todo o mal que produzimos pra nós mesmos. Olhai por Darfur, Congo, Níger e as demais nações que vivem em refúgios, tendo suas filhas estupradas por rebeldes e marginais da ONU, seus filhos sendo recrutados para matar juntamente com as milícias de Janjaweed (Sudão). Toca aos corações dos que ainda te servem para clamar pelos Curdos e que não se esqueçam do Iraque, Indonésia, Nepal, Afeganistão, China… Que se curvem diante de ti por todas as nações. Que possamos olhar além de nossos próprios umbigos, enfim, Pai nos dê consciência da urgência de falar do Amor de Cristo que pode transformar o mundo.



Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.