quinta-feira, maio 26, 2011

Descendo a montanha



Então, estou descendo a montanha!
Foi uma longa e árdua subida!
Aprendi, e fiz coisa descabida!
Sofri e amei... estrada tamanha!

Estou mesmo descendo a ladeira!
Ora sei quantos amigos perdi,
E sei quantos me perderam de si.
E quanta perda foi pura besteira!

Não sei se fiz sofrer mais que sofri!
Se eu ensinei o que aprendi!
Sei que a vida é renhida e que doeu.

Mas desço rumo ao vale, em paz,
Pois, apesar do meu amor fugaz,
O meu Deus, em Cristo, não me perdeu!

“Aqueles que vêm a mim, de modo nenhum os lançarei fora” Jesus de Nazaré


Ariovaldo Ramos via Blog

Meninas do Reino
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.