sexta-feira, julho 15, 2011

Crianças pregadoras! Oi?

 
 Tenho visto e com muita tristeza em meu coração, crianças por aí  nas TV's sensacionalistas pregando o "Evangelho", falando de "Jesus", e a maioria das pessoas que professam a mesma fé aplaudindo... e incentivando tais comportamentos, falando que a mensagem delas atrairá muitas pessoas pra Jesus... 
Me desculpem os pais dessas crianças e as pessoas que com fé simples aprovam isso: Mas o meu Deus a quem eu sirvo, jamais colocaria a vida de uma criança em detrimento de outras, porque amados, toda evangelização, pregação deve ser feito em espirito de sobriedade com conhecimento e com fé! Agora me diz que capacidade tem uma criança de ter tudo isso? 
Gostaria que tais pessoas me mostrassem no novo testamento onde estão as crianças nos evangelhos? Onde? Nos braços e no colo de Jesus quando Ele advertiu seus discípulos a serem como elas, mas nunca advertiu as crianças a ser como SEUS DISCÍPULOS! 

Paulo mesmo na sua carta a Timóteo diz: que o obreiro aprovado não deveria ser Neófito na fé, por que não ocorria na mente de Paulo que tais loucuras pudessem acontecer, em que crianças fossem levadas a TV's abertas e pregassem o Evangelho, coisa que elas nem sabem o que estão falando.... 
Hoje alguns seguimento da Igreja vai e julga tal ato por isso: Bem a criança falou, cantou, dançou, senti arrepio logo é a presença de Deus, logo Deus está aprovando... 
Deus só aprova aquilo que está na Palavra dEle.
Eu cortei as "apresentações que a Giovanna queria fazer na Igreja", ela não apresenta, não canta e não dança, até ter o entendimento do que está fazendo... a vida dela e suas brincadeiras já glorificam a Deus, ou não??? Prefiro não ve-la perdida pelo orgulho e pela soberba e incorrendo na condenação do diabo conforme conselho do Apostolo Paulo a I Timoteo 1:03-06. 

Queridos esses dias li um tweet da Ana Paula Valadão que dizia que ela tinha, se não me engano, 03 mães. Por ser tão importante no reino de Deus precisou de 03 mães para gera-la!! Diante disso eu choro por que não é ela mais importante pra Deus do que aquele que mora na rua, que só não foi abortado por pura graça e propósito maior de Deus. 

Pergunte pra ela quando ela começou no serviço da Igreja? Em tenra idade, pode crer... quando ela não tinha nem condição de discernir a mão esquerda da mão direita. 

Queridos quando colocamos crianças tão pequenas no serviço do Evangelho corremos um grande risco dela se perder no orgulho e na altivez. 
Vamos a um exemplo. Um menino. Relacionamento em casa é péssimo, os pais brigam o tempo todo entre os dois e com ele, ouve palavras duras, não tem um risquinho de carinho, então ele é convidado pra cantar na igreja, canta muito bem, tem boa voz, toda a igreja o aplaude (ainda que para o louvor e glória de Deus). O que os leitores acham que vai acontecer com esse menino? Com toda certeza vai agregar ao seu valor pessoal seu desempenho espiritual, vai começar a compensar toda frustração de sua casa na satisfação de sua alma na calorosa recepção do serviço a "Igreja". 
Correrá o risco de ser um fariseu e um hipócrita, terá fome e sede de sucesso a qualquer custo.
Sinceramente queridos não é esse o futuro que quero pra minha filha, estou sóbria quando digo que o maior Evangelho pra vida dela, é o que ela vê na minha vida e não na minha vida religiosa! 

Quando ouço essas crianças falando sinceramente vejo miniaturas de fariseus, com sede de mostrar sua fé, suas longas orações, e mandar pecadores pro inferno... Quer ver? Faça busca no youtube e ouça elas falando, porque não postarei num vídeo aqui... não tenho ânimo pra isso. Me perdoem... e também não vou fazer propaganda delas.... 
Que o Pai nos dê graça para o entendimento... 
Shalom

Di Luz Pockrandt
Reações:

3 comentários:

  1. Concordo com muito Di, no entanto relembro alguns textos que não devemos esquecer: Mateus 21:16 "E disseram-lhe: Ouves o que estes dizem? E Jesus lhes disse: Sim; nunca lestes: Pela boca dos meninos e das criancinhas de peito tiraste o perfeito louvor?" Lucas 10:21 "Naquela mesma hora se alegrou Jesus no Espírito Santo, e disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que escondeste estas coisas aos sábios e inteligentes, e as revelaste às criancinhas; assim é, ó Pai, porque assim te aprouve." Creio na SOBERANIA de Deus e depois de muito buscar, Romanos 9 ficou bem claro em meu entendimento. Não foi em vão que Jesus nos convida a nos tornarmos como crianças, aquilo que vem do Senhor, permanece, o que não, cai por terra. O discernimento, só o Espírito Santo nos dá. Tenho em mim um grande desejo dentro do meu coração de mãe: que meus filhos sejam achados pelos olhos do Senhor, nessa terra, como verdadeiros adoradores, que adoram o Pai em espírito e em verdade. Graça e Paz!
    Valéria

    ResponderExcluir
  2. Oi Valéria!

    Bom te-la por aqui, acho que a discussão saudável sempre é o melhor caminho... estou preparando um estudo mais complexo sobre o assunto... porém, fico feliz de encontrar pelo caminho Bereanos, e entre meu texto e a biblia e aquilo que o Espirito te revelar, por favor, fique com os dois ultimos sempre!!!

    A finalidade maior dos nossos posts é levar as pessoas a refletirem sobre comportamentos seus, da sociedade e principalmente da igreja... Nunca é pra pegar a idéia e abraçar como sendo verdade absoluta...

    beijus e apareça sempre...



    Abraço....

    ResponderExcluir
  3. Não concordo com a maior parte do que você escreveu, pois eu creio sim que as crianças podem ser usadas por Deus, já que na bíblia diz que se nós nos calarmos até as pedras clamarão, e nada, absolutamente nada, é impossível para Deus, não limite o poder de Deus, Ele pode sim agir através de uma criança se for de Sua vontade, claro que devemos ter discernimento até por causa da questão da altivez, mas eu crio sim que as crianças frutificam para o reino até eu me converti ainda criança, trabalho no ministério com crianças e vejo elas sendo usadas pelo Senhor de forma tremenda, elas podem sim ter experiências com o Senhor!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.