quarta-feira, outubro 12, 2011

Era uma vez no reino das Meninas do Reino...

Menina Roberta

Di Luz e Deínha foram as primeiras a acordar, as duas só pensavam em viver intensamente cada segundo, para elas era como se o mundo fosse acabar no segundo seguinte.
Carlinha desenhava e pintava lindos castelos em cada folha de papel que encontrava em sua frente.
Menina Andrea
Logo adiante Si com seus longos e dourados cabelos narrava com voz doce e suave o metamorfosear das lagartas ao nascer do sol que despontava no horizonte.
Nôzinha e Robertinha se espreguiçavam na cama lutando contra o tempo querendo desfrutar um pouco mais do calor de suas camas.


Menina Simone
Era assim que elas saudavam o nascer de um novo dia na terra encantada das Meninas do Reino.
Um lugar onde o amanhecer é sempre ensolarado e sem qualquer nuvem para destoar do azul limpo do céu.
Menina Di Luz
Cada menina tinha sua tarefa e sua função, o trabalho acontecia na mais tranqüila e agradável serenidade, afinal elas precisavam de tempo para brincar, viver e ser feliz desfrutando da companhia e amizade que reinava soberana entre elas.
Menina Nôzinha
O passatempo preferido delas era contar estórias, Carlinha se especializou em narrar lindas histórias sobre castelos, Di Luz emocionava a todas com seus romances, Simone discorria com graça e leveza sobre o "ser gente", Roberta experta como ninguém traduzia em miúdos as diversas esferas das leis dos homens e dos céus; ninguém ficava sem os devidos esclarecimentos e com qualquer sombra dúvida sobre esses temas, com clareza e simplicidade fazia-se entender, essa habilidade alcançava grandes e pequenos, assim mesmo como fazia o pequeno Jesus, lá no meio dos doutores, Noêmia acabou se especializando em contar estórias sobre cuidados, era cuidados da vida, cuidados das pessoas, cuidados divinos, enfim, ela sabia muito sobre esse tema. 

E Andréa?! Ah! Essa sim era de um multitalento que dava gosto de ler, de ver e de escutar, falava sobre tudo, e se encantava por tudo.
...
(continua)

Menina Carlinha

Meninas do Reino 
Reações:

6 comentários:

  1. Meninas como vocês acrescentam a minha vida. Eu nem sei como cheguei aqui, de repente minhas malas estavam dentro de casa e puxaram uma cadeira pra eu descansar e se não me falhe a memória “acho que pedi um café” (riso). Todos os dias passeio pelo jardim abro o portão, caminho ate meu banquinho preferido, faço uma oração e aprecio o perfume(textos) das flores e como tem sido importante repousar meus olhos e coração aqui minhas imurcháveis. Amo cada uma de vocês meninas de uma forma imensa e só quem transita pelo reino compreende. Noh, que conto menina... Moça de sorriso largo amo-te. Déia, voce é "de casa" como tenho aprendido contigo. Oh Dilair! adoro sorrir contigo companheira de face... Di! (pronunciar "Di" silenciosamente é tao bom)rsrsrsrs... Roberta, minha admiração por ti cresce a todo vapor. Dias desses tive uma ideia rs imprimir todos os teus textos, sei la e se um dia a internet sofrer um atentado? deixe-me ser menos trágica,e se esse meu not lerdo me abandonar? bom eu quero ter esses textos bem seguros em minhas mãos porém acima de tudo em meu coração. Si, numa tarde dessas aqui em São luis-MA várias borboletas amarelas enfeitaram o céu e logo lembrei-me de ti, você sempre fala em borboletas e na transformação que acontece para que ela seja uma criaturinha bela, fofa e colorida. Carregando o exemplo pra vida! e Carla Cristina ( Carla com C, e Cristina do jeito mais simples)prazer eu sou ISA.
    Muito bem meninas como é apenas um "comentexto" vou ficando por aqui... Mas pra fazer um resumo: VOCÊS CABEM PERFEITAMENTE EM MEU ABRAÇO... BJIMMM

    ResponderExcluir
  2. Isa,

    Sua querida...que emocionante ler teu comentário...

    Bjs...bjs...bjs!

    Amamos você por aqui!

    ResponderExcluir
  3. Isa QUERIDA!!!
    Que lindo!

    Amor do Pai em meu coração por você!!!
    Abraaaaaaaaaçooo!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá pessoas!!! Que bom que consegui trazê-lo nessa adorável viagem...Deus é assim mesmo, nos reúne de forma única, realizando um encontro de almas entre os iguais. Não me canso de dizer que os iguais se reconhecem. Nos temos nos reconhecido dia a dia! Amo isso... Amo esse agir Divino

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.