segunda-feira, dezembro 05, 2011

Vida Simples, o que é isso?


Esta manhã acordei imbuída da missão de nada fazer, além de ler coisas que gosto, descansar e relaxar, comecei pela net, lendo algumas coisas que aprecio e achei então um precioso texto do menino Minoru, onde ele nos fazia uma pergunta: "o que é uma vida simples?"

Após ler seu texto, fui inspirada a comentar e escrevi por todos os dedos, mas sei lá por qual razão, o comentário se perdeu...aff...sabia que não conseguiria escrever como da primeira vez e para não me sentir mais frustrada do que já estava por ter perdido um comentário ins-pirado, resolvi tentar um post, não sairá a mesma coisa, mas talvez consiga transmitir algumas ideias.

O que é uma vida simples?

Confesso que rapidamente veio-me à mente a célebre frase da Clarice Lispector dizendo mais ou menos assim: “não se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho”

Sei que normalmente as pessoas respondem a uma pergunta como esta fazendo discursos poéticos ou patéticos ou até mesmo poéticos-patéticos, por que não? Eu, por muitas vezes, sou uma poeta-pateta de raro valor...rs

Outros enxergam a simplicidade através de lentes sociológicas e acham que este ou aquele modelo servirá para impor simplicidade e civilidade à sociedade. Aí me pergunto: Será que é ser simples impor simplicidade?

Em tempos onde ecologia, sustentabilidade e meio ambiente parecem virar moda, talvez alguns arremetam que uma vida simples é aquela que cuida do planeta, respeita as formigas e toda a integralidade da natureza.

Os mais espiritualistas dirão que é preciso observar Cristo, Buda, Maomé, Madre Tereza, Francisco de Assis, abrir mão de tudo e entregrar-se sem reservas ao próximo.

Será que vida simples é ser, estar e fazer ou ser ou estar ou fazer?

[...]

Enfim, percebo que cada um tem sua cosmovisão e em qual me encaixo, não sei dizer, como disse minha "amiga" Clarice lá em cima, é preciso “trabalho”.

Domamos mares, planetas, aplainamos montes, construímos fortalezas, mas não conseguimos capturar e domar nossos universos interiores, como nos lembra Nietzche, ainda há em nós, caos suficiente para a produção de estrelas dançantes. E como tão lindamente nos lembrou Fernando Pessoa: "entre mim e mim há vastidões", onde será que habitará a simplicidade entre tanto caos e vastidão?

Talvez vida simples seja aquela em que sabemos que não sabemos, em que nos conscientizamos de que confundimos o simples com o fácil, que nos atrapalhamos em conceitos .


Não saber e admitir! Considero o admitir do “não saber”  um dos maiores expoentes de uma vida simples. Não saber e continuar a crer, então, um verdadeiro milagre! O evangelho de Cristo é assim, simples mas não fácil. Seu ensino foi simples, mas não simplista.

Mas quanto à pergunta do nosso amigo Minoru, o que é vida simples?

Fico por hora com a resposta de que vida simples é poder perguntar o que é isso, sem muitas pretensões de respostas, é ir farejando a simplicidade que normalmente mora junto à sensibilidade e quem sabe um dia chegar à conclusão de que como disse a Lispector: “dá um trabalhão”, mas é possível e passível de alcance.

E você, se arrisca a tentar responder?

Roberta lima

Para ler o texto do Minoru clique aqui: http://minorulandia.blogspot.com

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.