terça-feira, agosto 28, 2012

Do que dizem do amor




Dizem que o amor fere mas que ele também cura;
É aflição e também ternura;
Sossego e espanto;
Afeição e pranto;
Humanamente abstrato;
Concretamente divino;
Passos e (com)passos;
Serenidade e explosão;
Dualidade e unidade;
Aparência e essência;
E, acima de tudo, expressão máxima da existência!

Roberta Lima
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.