terça-feira, novembro 20, 2012

Senhor, quem creu na nossa pregação?


Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim. 
(Isaías 6:8)

Por PC Amaral



Um dia Jesus me encontrou, olhou para mim e teve misericórdia. O Espírito Santo do Senhor, em um ato regenerativo, retirou o véu, retirou a cegueira que o deus deste mundo havia colocado em meus olhos e me impedia de enxergar a verdade (2 Co 4:4), e eu, pude ver Jesus. Eu o conhecia só de ouvir falar, mas agora os meus olhos o veem (Jó 42:5).

Maravilhoso! Maravilhosa graça me alcançou! Preciso conhecê-lo mais! Buscar saber do meu salvador. Aquele que me reconciliou com Deus. Saber Daquele que pagou minha dívida com o Pai. Preciso saber de Jesus!

Foi-me dada uma Bíblia, a Palavra de Deus. A palavra viva e eficaz, capaz de me fazer discernir os pensamentos e as intenções do meu coração (Hb 14:12). Agora eu sei! Agora entendo! Agora o vejo e o ouço falar com Sua própria voz. O que tenho agora em minhas mãos são Palavras de Vida Eterna (Jo 6:68).

E assim, Jesus me ensinou, dia após dia, página após página como viver uma vida que o agrada, fruto da minha gratidão pelo sacrifício que Ele, e somente Ele, fez por mim, e não somente por mim mas para todos os que viessem a crer no Seu nome e que amam e anseiam pela Sua vinda (2Tm 4:8).

Mas eu preciso compartilhar essa mensagem. Essa “boa nova de salvação”. Pergunto a Ele: a quem devo anunciar a tua Palavra? Ele me responde: ide por todo o mundo e pregai o evangelho a todas as pessoas (Mc 16:15). E eu fui! Primeiro preguei em minha casa, depois em minha rua, depois em meu bairro, na minha cidade e agora nos confins do mundo (Mc 16:15).

Ele disse: faça disto uma prioridade em sua vida. Pregue a palavra a tempo e fora de tempo, repreende, corrige, exorta com toda paciência e doutrina (2 Tm 4:2). Porque, fazendo isto, estará cumprindo a minha vontade, diz o Senhor. Compreendo a imensa responsabilidade que me é dada. Sobre nós recai essa obrigação, e ai de nós se não pregarmos o evangelho (1 Co 9:16).

Ofereço a outras tantas pessoas a boa noticia que me foi dada, que o meu redentor vive e voltará e se levantará sobre a terra (Jó 19:25) e todo aquele que invocar o nome de Jesus será salvo! (Jo 14:26). Deus meu e Senhor meu! (Jo 20:28), importa fazer a tua vontade (Sl 40:8).

Deus nos concede o maior poder que um ser humano imperfeito e pecador poderia ter. O poder de salvar vidas por meio da proclamação do evangelho. Ele, Deus, nos usa como instrumentos desta tão grande salvação. Por meio da pregação da Sua Palavra convidamos os homens a aceitarem, pela fé, a salvação providenciada por Cristo Jesus. Aleluias!

Deus usou outros servos como instrumento para que a palavra chegasse aos meus ouvidos e agora, eu, sou um desses instrumentos que levam as “boas novas de salvação” às demais pessoas que estão no mundo. Esta é a minha, a nossa, missão mais importante, porque: a salvação que nós precisamos está somente na pessoa de Jesus CristoComo, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas. (Rm 10:14-15).

Rendam-se a Cristo e serão salvos!

Que Deus nos abençoe e nos ajude sempre!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.