sexta-feira, maio 31, 2013

Orar em um mundo roto











Alessandra Dantas
Em alguns ambientes, às vezes, se respira certo ''caos'' diante da oração. Não sei se é o medo de ser tachado de ''espiritualista'' ou a infundada crença que aquele que ora foge de seu compromisso com a realidade ou a influência sobre nós da secularização desse mundo tenebroso, no qual estamos vivendo. O certo é que percebo isso mais do que eu gostaria e isto me desconcerta um pouco.

Toda a Bíblia, Antigo e Novo Testamento, é um convite permanente à oração. Jesus insistiu que deveríamos orar sempre sem desfalecer (Lc. 18,1). Ensinou-nos a oração do ''Pai Nosso'' e deu-nos seu testemunho com sua própria vida de oração. Ele mesmo dedicava longas horas à oração, às vezes, orava por toda a noite.

Se recorrermos à Palavra de Deus, todos os grandes profetas e homens escolhidos por Ele, Moisés, Davi, Jeremias, Maria, Pedro, Paulo...foram homens e mulheres de profunda oração diante do Senhor. Todo o testemunho da santidade da igreja ao longo dos séculos confirmam que esses homens e mulheres( São Francisco de Assis, Santo Agostinho, Madre Teresa de Calcutá...) que se dedicaram à contemplação e à humilde oração foram peças fundamentais de grandes testemunhos.

Por isso, o meu desconcerto quando vejo los crentes em Cristo não fazerem da oração nossa força, quando não proclamam a confiança no poder da oração.

A oração, longe de nos afastar da realidade, nos coloca no coração da história, nos preenche de compaixão e misericórdia, nos revela o rosto sofrido de Jesus no pobre, no viciado, no enfermo... A oração limpa nossos olhares e nos vai mudando por dentro, cura nossas feridas, enche de gozo nossos corações. Ela é o refúgio e consolo na tribulação, fortaleza para carregar as cruzes de cada dia, chuva fresca em meio ao deserto...Converte-nos em testemunhas do Ressuscitado e nos dá força e coragem para viver o mandamento do amor.

A oração é a esperança dos pobres, quando os meios humanos parecem falhar, quando a enfermidade visita nosso lar, quando estamos em má situação financeira, quando padecemos tribulação e angustia e sobretudo quando somos tentados.

Em meio a um contexto social e histórico que perdeu seu centro de gravidade, pelas peças que parecem se desintegrar, precisamos da oração, essa força integradora da vida que nos ajuda a recobrar nosso ''eu'' e a olhar o mundo que sofre e que muitas vezes busca a Deus sem sabê-lo. Com um novo olhar cheio de amor e misericórdia, o melhor remédio para ''soldar'' as peças rotas da vida é a oração que nos transfigura. Que transfigura o mundo.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.