quinta-feira, dezembro 30, 2010

SAL!




No evangelho de Mateus, capítulo 5, versículo 13, Jesus faz uma afirmação direcionada aos seus discípulos dizendo: "vós sois o sal da terra...". Tal declaração está no contexto do Sermão do Monte, algo como um esboço doutrinário do que Jesus quer de cada um dos seus seguidores.


Somos sal.


Ao pensar sobre isso, sobre as implicações deste texto em nossa vida, chego a algumas conclusões:


1 - Jesus quer que você dê sede: uma das consequências do contato com sal é a sede. Qualquer comida salgada normalmente vem acompanhada de alguma bebida. Reparou nisso? É interessante porque, em João 4, Jesus afirma ser a água que mata a sede para sempre. Qualquer pessoa em contato com o sal da terra deve ser "atacada" pela sede, ou seja, deve ser gerado nela o desejo de Jesus, e aí Ele entra em cena e faz o resto. Nem é necessário dizer que, na maioria das vezes o contato com aqueles que deveriam ser sal produz o contrário, pois são sal tão ruim que nem prá dar sede presta. O desafio é que você salgue, dê sabor, gere sede. E não precisa nem forçar a barra, pois sal que é sal faz isso naturalmente.


2 - Sal bom é sal espalhado: quando você coloca uma colher de sal em qualquer comida o que você imediatamente faz depois é mexer e espalhar bem, pois quem já pegou num alimento uma alta concentração de sal junto sabe que é horrível! Aí Jesus diz "ide por todo o mundo..", ou seja, espalhem-se!  Por isso que igreja sem missão produz doença, pois é sal que fica dentro do saleiro achando que a função de Deus é levar todo esse sal junto pro céu dos sais! Sal junto só serve para pegar umidade e mofar. Você conhece algum crente mofando? Alguma igreja mofando? Provavelmente são crentes e igrejas que só entendem o cristianismo como exercício de estar junto, enclausurado. Espalhar-se, misturar-se ao restante dos alimentos impuros? Nem pensar!


Somos sal.


Devemos dar sede.


Espalhados.


Num mundo sem gosto.


Sem graça.


Sem sede.


Sem sal.


Sem Jesus.


Marquito (@marquito_pira)
www.ajuntamento.com.br


---------------------------

Nota! Passeando pela bíblia encontrei algo interessante em Levíticos 2:13 que vale mencionar. O versículo na versão da Bíblia Viva assim diz:

"Todas as ofertas de cereais devem ser temperadas com sal. É uma coisa que não pode falar! Pois o sal lembra o bom contrato de Deus com o nosso povo."


Tal passagem possui uma nota interessante que comenta: "Em muitas línguas do antigo Oriente Próximo, 'sal' indicava alguma coisa 'boa', ou 'bondade'.

Assim: que possamos gerar sede de bondade e espalhar bondade por aí.

Roberta Lima
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.