quarta-feira, dezembro 07, 2011

Sem vaidade

Sem vaidade

by Crombie

Ao dia que passa

esperança no amanhã

Aos livros ainda não lidos

desapego às coisas vãs

À falta do céu estrelado

Luzes sobre o mar da cidade


Ao coração apertado

alívio na eternidade

Às lindas cantigas cantadas

ouvidos agradecidos

Ao silêncio que sopra

vento com som de riso


Muitos sonhos por realizar

mas ainda temos pouca idade

Com a terra que sujou a calça

Sem vaidade, sem vaidade


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.