sexta-feira, janeiro 03, 2014

Os varais



Quando era mais menina minha mãe me ensinou um grande segredo. Lembro das suas palavras como se estivessem sendo ditas hoje:

'Não esqueça, minha filha: apenas a beleza e as delicadezas devem ser vistas pelos que estão do outro lado do portão. Não se mostra o que é feio, o que é intimo e o que expõem o que temos de pior em nós e em nossa casa. Nós, mulheres, não queremos que as pessoas nos pensem em atos de vergonha, desleixo ou relaxo; menos ainda que façam conta dessas nossas intimidades corriqueiras, cotidianas...'

Depois desse dia, as coisas mudaram; Aprendi a expor apenas o que tinha de melhor e nada mais do que isso. Encontrei maneiras de esconder tudo o que deveria ser secreto aos olhos das pessoas que não eram do meu convívio: as más escolhas, as más combinações, as manchas do passado, os remendos e outras coisas intimas que poderiam escandalizar ou intimidar desconhecidos.

'A aparência é importante e demonstrar delicadezas e tratos é algo que, nós mulheres, devemos fazer sempre e muito bem' _ era o que dizia a minha mãe.

Esse foi um dos mais preciosos conselhos que recebi. Provavelmente, nem conseguiria um bom casamento sem ele. Afinal, quem se casaria com alguém que não sabe o modo correto de estender roupas em varais, não é?!
 
Beijos, Lu!


Texto: Luciana Leitão
Imagem: Google
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.