domingo, março 13, 2011

Minha Ressurreição


Necessito mudar. Não posso ser hoje aquilo que fui ontem. Ser ontem é ser menos. É regredir. O ontem deve ser necessariamente pior do que o hoje. A vida é para frente. A vida é evolução. É crescimento. Amanhã tenho que ser melhor e mais do que hoje.

A natureza me ensina a ressuscitar. A seca traz a morte, porém, a chuva faz o verde aparecer como um milagre. O inverno tem o rosto da morte. Vem a primavera e tudo fica colorido. E eu sou mais do que a grama que depois da chuva renasce com todo vigor. Sou mais do que a primavera que faz esquecer o frio do inverno. Sou mais do que a larva que se transforma em borboleta. Sou mais do que a semente que se transforma em flores e abundantes frutos.

A morte tem seus sinais em meu corpo e em minha vida de cada dia. Sem desejar, meu corpo cansa e envelhece, meus passos se tornam lentos e meus olhos não distinguem os horizontes. As crises e os problemas, as doenças e sofrimentos, as tristezas e fracassos são sinais de morte em minha vida.

Porém, a força da ressurreição está muito mais presente e muito mais forte em cada dia que passa, em cada desejo que tenho. A ressurreição está presente em mim muito mais forte do que na força da terra, na vida da água, no colorido da primavera. Muito mais forte em mim do que no calor do sol e na luz das estrelas.

Minha ressurreição se realiza em cada ato e em todo momento. Meus pensamentos e sentimentos são revestidos de ressurreição em cada gesto de alegria e de acolhida, em cada ação que transforma a vida ao meu redor. Hoje não sou o que fui ontem. Hoje sou mais. Sou mais ressurreição. Mais perto da perfeição. Ontem fui córrego e fonte. Hoje sou rio em crescimento rumo ao mar da ressurreição total.

Sinto-me ressuscitado em cada ato de amor, em cada doação de mim mesmo. Sinto-me um aliado na ressurreição do Grande Ressuscitado que continua dizendo: “Eu sou a ressurreição e a vida”. Dentro da ressurreição está o sonho do “novo céu e nova terra”. Ressuscitar sempre, é o novo jeito de ser.

Wilson João
Reações:

2 comentários:

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.