terça-feira, maio 29, 2012



Vivo a vida como se fosse ontem, hoje e amanhã. 

Tudo ao mesmo tempo.

Durmo e acordo no mesmo sonho. 

É tão intenso que me faz chorar e rir.

Entrego-me em silêncio. 

E na solidão me perco e me encontro.

Tenho medo de mim mesmo.

Do que existe ou não dentro desse ser tão confuso.

E eu só desperto porque vivo.

E se é para viver, que seja direito.

Porque pelo avesso me confunde.

E quem entende?

Nem eu mesma.

Só Ele.

Camila Cáceres


Visite o blog: Bem vindo à vida







Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.