sábado, agosto 06, 2011

Caminhando

Não tenho medo de ratos como a maioria das mulheres, nem de aranhas, embuás ou besouros, mas confesso que meu coração só falta saltar quando uma inofensiva barata simplesmente resolve voar em minha direção. Meus olhos se fecham, minhas pernas ficam bambas e em fração de segundos sou a pessoa mais medrosa do mundo (que exagero! do mundo?). Bom antes que me perca neste falatório todo tenho medo e pronto. Porém nada se compara ao medo que tenho de mim. 

Por diversas vezes ao olhar-me no espelho não hesitei em questionar “Quem é você?” Parece meio sem lógica isso, mas já passei horas olhando para meu reflexo e perguntando, observando e por incrível que pareça algumas vezes também obtive respostas. 

Diante de nós mesmos não podermos flertar nem forjar nada. 


Na adolescência aprontei muito. Dei nó em trilho também fui ferida por mim mesma e por aqueles que deixaram o amor do lado de fora só pra ver no que daria, confesso que conviver com cicatrizes não tem sido fácil. Sempre quis realmente fazer tudo o que fiz. Certo dia disse isso a uma conhecida. Creio que, se ela pudesse virar meu rosto pelo avesso ela o faria com suas palavras. Palavras que vieram como lanças e que vieram acompanhadas de um olhar muito sinistro que parecia gritar: PECADORA! 


Também gostaria que muita coisa não tivesse acontecido. 

Em minhas orações passei a não dizer nada, apenas pensar em Deus, e com o passar do tempo comecei a confessar todas as minhas práticas, apesar de saber que ele já sabia de tudo, foi quando nossa relação começou a ser mais leve, sem curvas nem atalhos, apenas Jesus e eu juntos caminhando. 

O maná foi o alimento escolhido por Deus para alimentar o povo de Israel durante suas peregrinações no deserto, o que era colhido além do necessário apodrecia. Acontece assim em relação a minha fé. 


Em minhas orações sempre peço ao meu PAI fé suficiente para este dia, não é uma regra e algo que funciona comigo, para glória de Deus já faz bastante tempo que estou em pé, apesar de tudo! De vez em quando sou testada, por diversas vezes me peguei querendo juntar fé para uma semana inteira, porém o Espírito de Deus - o meu Consolador me faz lembrar que ele está comigo e intercede junto ao pai por mim me toma no colo me aceita. Chego a ouvir sua voz dizendo: “Calma foi só um momento eu estou aqui”. 

Ainda tenha medo de mim, desse meu coração enganoso, Papai do céu tem moldado meu caráter num processo que começou aos pés da cruz onde meu fardo pesado foi trocado pelo seu que leve e todos os dias é preciso ir lá nem que seja pra ficarmos em silêncio. Eu sei que chegará o dia em que não sentirei mais medo, pois será lançado fora pelo verdadeiro amor aquele que vem sem rasuras ou trocas.
Maraísa Castro (*)
(*) Ou como a conhecemos Imurchável Isa

Meninas do Reino
Reações:

2 comentários:

  1. Primeiro Imurchável Isa, é um prazer te-la por aqui!

    Esses dias estava comentando na reunião do EStação do Caminho que vou aqui na minha cidade, é tão bom o que religiosos fizeram conosco, neah não? Que bom que eles nos rejeitaram e nos feriram com seus julgamentos e hipocrisia, por que foi e é extamente isso que nos leva ao Caminho com o Pai, de receber fé por apenas o dia chamado hoje...

    Hoje meu coração se alegra por saber que tu caminhas com aquEle que te chamou e mesmo no silencio caminhas, li ou ouvi certa vez que as palavras são para os amigos, mas o SILENCIO só pra quem tem intimidade suficiente de só caminhar do lado!

    beijus e amo sua vida, tem sido muito precioso ler seus tweets, mas ler um texto seu compartilhando vida foi divino para o dia de hoje!

    Sua

    Di

    ResponderExcluir
  2. Maraísa, você quase me fez chorar... rs
    Me comoveu demais.
    Que relacionamento lindo com Papai
    Penso ser assim mesmo que é.
    E Ele é uma delícia, né? rsrs

    Continue caminhando... In fact, quem conhece esse Caminho, não olha mais pra trás...

    Um beijo!

    May

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.