terça-feira, dezembro 13, 2011

Você tem medo de quê?


A maioria de nós tem muitos medos, talvez o maior deles seja o medo de perder.
Pessoas queridas, objetos desejados, lembranças de momentos felizes...
A casa duramente conseguida, o carro adquirido com economias, o status a tanto desejado...
Muitas vezes temos medo de perder até o que nunca possuímos!
O medo de perder é como os outros medos, paralisa o raciocínio, enche a alma de angústia e nos impede de viver.
De modo que, a única coisa capaz de nos manter pacificados é a perda do medo de perder.
É nos arriscando na entrega, no usufruto do que dispomos que nos livramos da pressão e da ilusão de que controlamos alguma coisa...
Não sou muito diferente de você, também tenho medos.
Todavia, a consciência de que os tenho e a reflexão a cerca de quais são eles, são pressupostos que me instigam a continuar o processo de mudança em relação às atitudes autodefensivas que me ocorrem inconscientemente.

Há um provérbio alemão que muito tem me ensinado:

“Muito tempo não significa necessariamente para sempre.”

Ora, ninguém deixa de comprar um carro porque este um dia vai deixar de funcionar perfeitamente, mas alguns deixam de usá-lo porque poderão ser roubados...   

Os extremos sempre me parecem absurdos.

Que aproveitemos hoje as oportunidades que se nos apresentam, certos de que o controle não está em nossas mãos, mas em mãos muito melhores que as nossas!


"Não to mandei eu? 
Esforça-te, e tem bom ânimo
não tenhas medo, nem te espantes; 
porque o Senhor teu Deus está contigo
por onde quer que andares."  
Josué1:9

Luciana Rodrigues
Lido em Tende ânimo
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.