domingo, agosto 21, 2011

Entrevista Para Desemprego


O processo seletivo nas grandes empresas envolve várias fases, dentre elas,
dinâmicas, apresentações, entrevistas... Já passei por isso e, pra ser honesta, considero verdadeira chatice.

A minha experiência em processo seletivo foi uma pequena parte da fauna, um
verdadeiro mico, um King Kong, um orangotango!

Pra começar, fizeram exercício de rapidez de raciocínio, comecei perdendo por
aí, mas pelo menos só eu sabia.

Quando ingressaram na fase das dinâmicas, foi no mínimo trágico! Fizeram
aquele jogo dos “Escravos de Jó”. Todos captaram o ritmo e a intenção da brincadeira, menos eu, lógico! Essa história de escravidão realmente não é comigo. Bastam meus antepassados!

Depois prosseguiram para verificação de notícias visando ulterior apresentação.
O problema é que mandaram todos se assentar como indiozinhos! Enquanto estava assentada, tudo bem. O problema foi na hora de me levantar. Fora de forma como estava, minhas pernas não se deslocavam do lugar por nada desse mundo! Travei!

Engastalhei! Disparei a rir e todos me olhavam com aquele ponto de interrogação sobre a cabeça. Se fosse a dinâmica do avestruz, teria conquistado o primeiro lugar, supondo que bastaria esconder a cabeça sob o solo! 

Entraves à parte, mirei a psicóloga que a todos avaliava. Percebi que, ao olhar
para mim, torceu o nariz. Aí constatei que havia dançado... não a dança da chuva realizada pelos indiozinhos, mas dancei.

Como era de se esperar, a resposta do meu fracasso veio pelos Correios,
dizendo que meu perfil não se enquadrava na vaga oferecida. Que novidade! Também, essa história de perfil não é comigo... minhas fotos assim ficam horríveis!  



Tereza Cristina Rodrigues*


Meninas do Reino
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.