quinta-feira, maio 17, 2012

Às vezes...




Às vezes eu sei...
O que quero fazer,
Como quero me sentir,
E o que quero sonhar.

Às vezes eu sei...
O que quero ter,
A música que quero ouvir,
Para que lado devo andar.

Às vezes eu sei...
Quem eu quero ver,
O que me faz sorrir
Que olhar quero contemplar.

Às vezes eu sei...
Mas às vezes não.
Às vezes eu saio por aí,
Sem rumo, sem som, sem uma face conhecida.

Às vezes eu caio,
Outras não.
Às vezes eu tropeço,
Outras, ando firmemente.

Muitas vezes eu creio,
E algumas vezes eu receio.
Às vezes eu contemplo perplexamente,
E tantas vezes me perco na complexidade com que me fizeste, ó Deus.

(Andréa Cerqueira)
Reações:

Um comentário:

  1. Olá conheci o teu blog e ameei, venho convidar você a visitar o meu cantinho, eu vou amar, já estou te seguindo :D
    Beijos
    http://jovememulherdedeus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.