segunda-feira, agosto 05, 2013

Um acordo entre olhos e coração.


Depois de muitos desacertos, fiz um trato
falei com os olhos e mediei a conversa entre ele e o coração.

Tudo que é combinado, sai mais barato.
Cansei de ter despesas desnecessárias.

Afinal, são eles que iluminam todo meu ser.
Os olhos, não só os que veem, mas os que preveem.
Ver antes, significa sentir antes, doer antes.
Sempre, sem necessidade.
Às vezes, só por maldade.

E quem foi que me deu esse poder?
Saber de tudo antes de acontecer?
Mentira, não temos esse poder.
Mas os olhos sugerem...
E o coração, vai no embalo e sente !

Então, chega de sugestão !

Vai ficar assim :

Meus olhos não vão me mostrar nada
nada, que meu coração não queira sentir.


Autora : Simone Caetano
Site pessoal : Diário de uma Lagarta


Reações:

Um comentário:

  1. Não estamos culpando os olhos pelos desejos do coração?
    Não estamos culpando os olhos pela ansiedade de ver o que anda não pude ter?
    Não estamos fazendo acordos que são facilmente quebráveis para que no fim possamos, um dia, realmente ver para ter?

    Os olhos da alma nunca se fecham, a não ser que olhem pra sí mesma (alma) e sejam felizes com o que tem e vê. Depois, porque manterem-se abertos? Bastam se fechar e relaxar.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.