sexta-feira, dezembro 10, 2010

Sorria. Você está sendo olhado!



Há momentos em que nos sentimos abandonados, rejeitados, desamparados, zonzos, perdidos, atrapalhados e por aí vai o caminho que nos desestabiliza e por vezes amedronta.

Finais de ano costumam ser normalmente tensos para boa parte da população.

É hora de olhar para trás e perceber que nem tudo saiu conforme nossa listinha de desejos. Surpresas boas, surpresas ruins, imprevistos ao longo da jornada, tombos ao longo do caminho, marcas deixadas por feridas recém cicatrizadas, crescimento, amadurecimento, aprendizado, superação, reavaliação. São tantos os adjetivos que compõem nosso painel de retrospectivas.

Mas não se fica apenas olhando para o que passou, há a expectativa do novo que está por chegar, o que será que acontecerá? Como disse o poeta: “genial ideia a de cortar o tempo em fatias”, assim parecemos ganhar novo fôlego, novo entusiasmo, novas energias.

Há também o presente a ser olhado. Férias, viagens, jantares, amigos secretos, compras, cartões, presentes...geralmente é essa a paisagem que comporá a visão de muitos. Normalmente é isso que a maioria de nós enxergará, mas quero me ater a outro olhar. Um olhar que é único, envolvente, arrebatador, suficiente, pacificador...o Seu olhar!

Sim, Ele nos olha, sempre! Em todo o tempo nos contempla, nos ama, nos chama para perto de si. Por quantas vezes já me senti abandonada e esquecida, imaginando que era a única a enxergar algum fato ou situação. Depois de um tempo, então percebia que a maior cega da história era eu mesma.

Ele tudo , tudo sabe, a todos ama!
Tão simples.

Lembro-me de um episódio que aconteceu há um tempo, enquanto almoçava com minha mana caçula no shopping, horário de pico, mesas lotadas e enquanto estava na fila para me servir, chamou-me a atenção duas mesinhas de vime, mais confortáveis e que destoavam do padrão fast food de mesas e cadeiras de uma praça de alimentação. Olhei, pensei com meus botões, queria poder sentar ali (sonho meu...rs) e no milésimo de segundo posterior escapou-me o olhar, o pensamento daquilo e emendei outro assunto com minha irmã. Era preciso aproveitar nosso tempo juntas. Assim nos servimos e saímos com as bandejas em busca de um lugar para sentar e eis que para minha surpresa, o que desocupava à minha frente? Uma das benditas mesinhas de vime por mim desejada. Fiquei igual criança que ganha pirulito de morango com chiclete dentro, foi o tempero para o momento. Mas logo passou...

No fim do dia, voltando para casa, com a cabeça fervilhando como de costume, eis que, de repente, percebo algo Dele em mim. Seu sussurro a me avisar o que muitas vezes esqueço de lembrar: de que comigo Ele sempre está e que Seus olhos lá estavam no shopping a me contemplar. 

Calma...respire fundo: não estou criando nenhuma nova doutrina segundo a qual Deus guarda lugares especiais em praças de alimentação para seus escolhidos.

O que percebi foi que Seu olhar lá estava sobre mim, foi muita nítida tal percepção. E Ele sempre faz isso comigo quando estou a me sentir ansiosa, desamparada, solta por aí...

“Mas os olhos do Senhor estão sobre os que o temem, sobre os que esperam no seu constante amor”
Sl 33:18

Estamos diante de Seu olhar, que não é um olhar qualquer. É um olhar de amor. Existe uma expressão latina que muito aprecio chamada “coram deo”, que pode ser traduzida como “diante da face de Deus”.

Estamos diante de Sua face, diante de Seu olhar. Podemos querer fugir do olhar de muitos e do nosso próprio olhar, mas o Dele, sempre lá estará a nos contemplar.

“Nele (diante Dele) nós vivemos, nos movemos e existimos”. Atos 17:28

Não...Deus não enxerga você apenas quando você está na igreja e põe a famosa roupinha “de ver Deus” como alguns costumam brincar. Ele te olha por inteiro, ainda que não estejamos inteiros.

Quando Adão pecou, seu desejo era esconder-se, o do PAI olhá-lo.

E, ao contrário do que muitos imaginam, o olhar de Deus a nós dirigido não é para acusação, humilhação...

Deus não é Aquele que fica de olhar atento e intransigente nos esperando vacilar para então anotar nossa infração na caderneta e nos dedurar na diretoria celestial. O nome disso é inspetor escolar ou diabo, Deus é outra coisa...

Há outra passagem que muito me fala ao coração, que nos diz que se nossos olhos forem bons, todo o nosso corpo será luminoso. (Mt 6:22)

Olhos, olhares, falar com o olhar, sorrir com o olhar, fuzilar com um olhar...Variáveis de um olhar.

Mas há um olhar que é constante sobre nós: 

Seu olhar de Pai, amigo, abrigo.

Por isso, concluo dizendo, sorria: você está sendo OLHADO.

Olhando e sendo olhada,

Roberta Lima
Reações:

Um comentário:

Deixe seu comentário, crítica ou observação. Queremos saber o que estamos transmitindo a você.
Mas, deixamos claro que comentários ofensivos não serão publicados.